fbpx

Descubra como organizar uma palestra memorável

Está buscando entender como organizar uma palestra, e se questiona o que de fato torna uma palestra boa e de qualidade?

Bom, realmente essas questões são constantes em organizadores que visam engajar e atingir um impacto na vida de seu público. O que não é uma tarefa muito fácil, pois exige o comprometimento e organização do apresentador.

Mas não se assuste, separamos algumas dicas para você poder organizar e palestrar com maestria e ter o retorno que todo palestrante almeja, os aplausos de uma platéia impactada.

Continue lendo para saber mais!

como-organizar-uma-palestra

9 dicas de como organizar uma palestra

Público-alvo

Imagine que você está explicando algo para uma pessoa que não conhece bem, seria difícil saber como conseguir a atenção da mesma, certo?

Por isso é tão importante ter conhecimento do seu público-alvo, para que você possa criar uma palestra que o envolva.

Portanto, se pergunte:

  • Qual a linguagem ideal para meu público? Formal ou informal?
  • Qual a faixa etária da minha plateia?
  • Quais são os problemas do meu público?
  • Quais são seus desejos?

 O ideal seria criar um avatar (perfil de uma pessoa fictícia do seu público-alvo), isso te ajudaria a visualizar melhor no que sua plateia se interessaria, e qual a melhor estratégia para impactá-la, assim conseguindo um resultado que deseja.

Local, data e horário

Pode parecer simples definir o local e o horário de sua apresentação, porém muitos organizadores não dão a devida atenção a fatores que podem ser cruciais para a presença do público.

Por tanto fique atento se o local:

  • Possui fácil acesso;
  • Tem a estrutura necessária para o audiovisual almejado;
  • Há espaço adequado para o público.

E também, marque a data e horário em dias estratégicos, podendo até se atentar aos feriados que podem tanto atrair ou prejudicar a presença dos mesmos.

Qual o objetivo da palestra?

Agora que você tem o público-alvo em mente, o próximo passo seria colocar no papel qual o impacto que você quer causar no seu ouvinte, através da sua palestra, ou melhor, qual impacto ele precisa ter para resolver seus problemas.

Com isso, você pode moldar o objetivo da sua apresentação de acordo com as dores de seu ouvinte.

Comunicação

Organizar uma palestra,não se trata somente de se preocupar com o que você vai falar, mas também ficar atento a sua comunicação.

Sendo um dos fatores mais importantes para ter a atenção total da plateia, que pode se dispersar a qualquer momento principalmente se o palestrante não obtiver uma comunicação boa.

E para melhorar sua comunicação caso seja o palestrante, corte totalmente os vícios de linguagem, que não são somente os típicos “né” , “tipo assim”, “que tal”, mas também podem ser frases mais elaboradas que o palestrante em questão repete com frequência.

Portanto, tome cuidado para que o “disco-arranhado” não disperse o público.

Interação

A interação é um fator que não pode faltar nessa lista de como organizar uma palestra.

Pois se somente o palestrante fala, e não gera nenhuma ação de seus ouvintes, eles não vão conseguir se conectar com a apresentação, perdendo assim o interesse na mesma.

Gerar ação dos ouvintes, não precisa, necessariamente, ser em questão verbal, mas também podendo ser imaginativa. Ou seja, contar uma história ou uma metáfora, instiga o público a imaginar a cena, trazendo-os assim para um universo mais emocional e interativo.

E você pode fazer isso tudo de forma criativa acrescentando:

  • Slides;
  • Músicas;
  • Cenas de filme;
  • Entre outros.

Essa dinâmica com sua plateia irá deixá-los mais confortáveis e interessados na apresentação. Mas faça isso sempre de acordo com o seu público-alvo.

Tenha impacto do começo ao fim

Um dos grandes desafios que alguns palestrantes enfrentam, tanto presencial quanto em um evento online, é conseguir levar o público engajado desde de sua primeira aparição, até o momento de sua despedida.

Pensando nisso, separamos algumas dicas rápidas de como não perder o impacto de seus ouvintes até o fim de sua palestra. Vem com a gente!

#Introdução

Como recomendado pelos palestrantes mais experientes, uma introdução muito longa pode acabar afetando o ânimo de seu público. Logo, sua introdução deve ser curta, objetiva e que já tenha alguma interação desde o início.

Estudos apontam que, à primeira vista, a pessoa em questão é julgada, em aproximadamente, meio segundo, podendo acarretar se o observador irá dar atenção àquele indivíduo ou não.

Porém isso pode se reverter com a fala, já que em questão verbal, você tem 3 minutos para conquistar a simpatia do ouvinte.

Então aproveite enquanto faz a organização de sua palestra e já pense em uma interação rápida logo de início, que despertará o interesse do público.

Outra dica rápida que você pode estar anotando, é um começo que fale de sua promessa. Explicando qual será a transformação que o ouvinte irá ter após assistir sua apresentação.

O que pode levar também ao engajamento da plateia, seria justamente trazer a dica citada mais acima, de contar uma história, assim já de começo gerando a identificação da plateia. Mas sempre se lembrando de falar com autoridade, e de uma forma sutil.

#Assunto central

Esse é o momento mais importante, e que deve ter mais cuidado quando se trata de como organizar uma palestra de sucesso. Pois quando chega a hora do assunto central, é a sua hora de brilhar.

Dando mais energia, focando em gestos e passando mais emoção para o seu público. O resultado não tem como ser outro, você vai sentir que a plateia está junto com você, e que eles buscam a solução na sua apresentação.

E essa é a hora exata de expor, da melhor maneira possível e aproveitando o espaço oferecido no palco, para mostrar aos seus ouvintes a ideia principal que você quer passar.

Quando conectado com seu público, e a ideia central já foi passada, está na hora de fechar, com chave-de-ouro, essa palestra impactante! Vem com a gente!

#Conclusão

Para finalizar da melhor maneira possível, pense que seu ouvinte já foi inspirado a fazer algo, mas ele ainda não sabe o que é. Então esse é o momento para a chamada à ação.

Essa chamada tem que ser imediata, fazer com que a plateia ao levantar de suas cadeiras, após te aplaudir, lógico, faça alguma ação ao seu desejo.

Mas para isso, tem que haver algum incentivo e inspiração antes por parte do palestrante, comprovando que aquela ação irá ser o começo da, ou até mesmo a total, solução dos problemas do ouvinte.

Assim ele sairá satisfeito e recompensado ao final de sua apresentação.

Auto-avaliação

A palestra pode ter acabado, mas o aprendizado sempre é constante. E ter uma auto-avaliação alavanca suas palestras a terem um nível cada vez mais alto, e ajudam tanto iniciantes quanto veteranos no assunto. Seja organizador, palestrante ou ambos ao mesmo tempo.

Você pode se avaliar através de vídeos de sua apresentação, ou de feedbacks de alguns ouvintes. Seria interessante se, logo após a finalização de sua palestra, ou vídeo assistido, você anotar quais são os pontos fortes que queira manter em suas palestras, e quais os pontos a se melhorar.

Além disso, você também pode se afundar nas referências, anotando quais são as características dos palestrantes que mais admira e te inspiram, mas claro, sempre mantendo sua identidade como apresentador.

Linguagem corporal e verbal

O que se movimenta chama atenção, mas cuidado para não causar estranheza no seu público. Tenha uma dosagem equilibrada em seus gestos, e aproveite o espaço proporcionado a você.

O que ajuda também, é ajustar a postura, já que a mesma, pode falar muito mais sobre o palestrante do que a própria fala dele. Lembre-se da dica dada mais acima, onde falamos que você possui em média meio segundo para conseguir a primeira avaliação do observador.

Portanto, aparecer com uma postura correta com os ombros no lugar irá passar uma imagem confiante ao público, que logo de cara irá ter uma percepção que você tem propriedade para falar sobre o assunto. Mas cuidado para não exagerar.

Outro fator importante é o vocal, saber quando se deve falar mais alto, ou até mesmo mais baixo, é super importante para manter a plateia com você até o final. Mas isso vamos ver na próxima dica que fala sobre timing. Continue com a gente!

Timing

E a última dica dessa lista de como organizar uma palestra, é a mais importante de se ter o domínio. Já que o timing, é o que vai reger sua apresentação, desde o começo até o final.

Porém para saber o momento certo de acelerar um assunto, lidar com a necessidade de seu público, conseguir driblar alguns obstáculos e até mesmo a hora certa de contar uma piada, basta praticar bastante e consumir muitas palestras, dessa forma você irá elevar suas habilidades.

Ao decorrer do tempo e conseguindo mais experiência, o seu timing vai ficar no ponto, e você irá lidar com isso com naturalidade.

Para finalizar

Por fim, agora que já sabe como organizar uma palestra, está na hora de colocar essas dicas em prática, e sempre se lembrar de que o crescimento é constante.

E então, queremos saber qual foi a dica que mais te ajudou nesse artigo, comente aqui embaixo e não se esqueça de conferir a  euVou.digital. a melhor plataforma para seus eventos online! Confira.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
euVou
euVou

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[e-book + checklist] Plano de Marketing para Eventos Online